Nossas

NOVIDADES

Acripel Farma é premiada em 1º lugar no GPTW Saúde 2015

Matéria da Revista Saúde Business para o GPTW Saúde 2015

EMPRESA QUE APRENDE – por Débora Manzano

Na Acripel Farma, o papel dos funcionários na sociedade é debatido mensalmente.

Para o Presidente da Acripel Farma, Fernando Dubeux, fazer parte do grupo de empresas GPTW significa coesão de empenho da equipe com um ambiente de trabalho saudável para todos.
A organização acredita que o mais importante é, antes de tudo, a busca pelo melhor em cada um a partir do desenvolvimento do profissional para traçar objetivos e atingi-los, alinhando o objetivo maior da empresa com a do próprio funcionário.
Fernando contou que um dos programas mais aceitos da Acripel Farma é conhecido como “Empresa que aprende”, que consiste na apresentação de filmes, artigos, ou livros para gerar um momento de debate e reflexão todo mês. Essa ação tem o objetivo de desenvolver o senso crítico dos funcionários gerando inquietação a respeito de temas atuais.
A oportunidade de crescer e se desenvolver na empresa é valorizada por 41% dos funcionários da organização pernambucana e Dubeux concorda que, reunindo o grupo mensalmente para debater abertamente, ajuda a instigar o colaborador para ter visão macro das atividades que ele desempenha e o papel na sociedade.
Além de ações de conversação, eles buscam nos coordenadores e gerentes de Recursos Humanos a classificação dos diferentes perfis de líderes na companhia para traçar um programa específico de mentoring e coaching e o que mais precisar ser trabalhado na evolução de cada um, ou seja, um plano de desenvolvimento individual (PDI), e sob a coordenação de um consultor especialista de coaching.
Ao final da definição das estratégias, as reuniões de mentoria se iniciam e o desenvolvimento do plano é acompanhado por toda a equipe. O presidente se orgulha ao dizer que os líderes demonstram grande satisfação com a progressão do projeto.
A gestão da Acripel acredita no lazer entre os funcionários, como a realização de esportes coletivos para integração. “Semanalmente alugamos um campo de futebol, onde nossos funcionários treinam para as Olimpíadas dos Comerciários que ocorre uma vez por ano. Além da prática esportiva e de promoção de saúde, estimulamos a integração de trabalho e trabalho em equipe”, destaca Dubeux.
Com mais de 25 anos de empresa, Fernando Dubeux acredita que ser uma empresa sobrevivente não é o bastante, mesmo em cenário brasileiro de crise. “Queremos continuar a construir uma empresa ambiciosa, realista, indignada, baseada na filosofia de valorização de pessoas.

Palavra do Presidente/ Fernando Dubeux

“Num momento crítico, como o que estamos atravessando (em chinês, crise é sinônimo de perigo e oportunidade), não devemos permitir que os funcionários se transformem em simples objetos de uma gestão de crise e,sim, sujeitos da construção de sua própria história.”